Resiliência – A força humana para a vida

Para ser ter uma vida tranquila, equilibrada, feliz e com resultados, a pessoa precisa aprender acessar esta força humana chamada resiliência. Esta é a mais importante qualidade a ser desenvolvida pela pessoa humana, afirmam as Ciências Comportamentais.

A resiliência ajudará você a se restabelecer após qualquer situação difícil, sem perder o foco e mantendo a sanidade. A resiliência é de fundamental importância para se viver bem e com qualidade.  Frente a situações de estresse, o resiliente tem especial capacidade interna para se reorganizar mental e emocionalmente, preservando a saúde, guardando a paz e perseverando na busca de seus objetivos.

Para quem quer iniciar uma mudança consistente, o caminho seguro da autotransformação passa pelo aprofundamento do significado da resiliência, aprendendo a colocá-la em prática a seu favor.

RESILIÊNCIA, um conceito da física

Alguns sub materiais acumulam energia quando exigidos ou submetidos a stress sem ocorrer ruptura, como um elástico ou uma vara de salto em altura, que se verga até um certo limite sem se quebrar e depois retorna à forma original dissipando a energia acumulada e lançando o atleta para o alto.

Conscientize-se de como você se comporta nas crises.

Quem já não enfrentou um “tsunami” na vida? Uma avalanche de situações difíceis, traumáticas, e muitas vezes repetitivas, fazendo com que você gritasse dentro de si “pare este mundo que eu quero descer”?

Vale lembrar que desde que o mundo é mundo, crises sempre existiram, entretanto, a questão primordial é:

Como eu lido e atravesso essas situações, como encaro as minhas crises?

As dores da vida fizeram muitas crianças se tornarem adultos duros, rígidos e julgadores implacáveis que operam pela reatividade. A pessoa com tal perfil psicológico-emocional pode estar caminhando na vida cheia de frustrações, construindo relacionamentos desastrosos e conflituosos, colocando-se como antagonista perante tudo e todos.

O que sobra é muita ansiedade, angústia, depressão e constantes sentimentos de insatisfação o que torna a pessoa disfuncional na vida. Para curar esta disfunção, e fazer a vida voltar a fluir, há que se aprender sobre a resiliência, desenvolvê-la e praticá-la.

Bem, vale à pena se perguntar:

“Terminada uma situação traumática, como eu prossigo na vida? Me comporto como se a situação não tivesse terminado? Prossigo caminhando? Apenas fingindo que sou feliz? Sentindo-se derrotado? Estancado na vida? Lutando com sintomas de alguma doença à vista?”

Por que será que algumas pessoas atravessam tremendas tempestades, sem sucumbir a elas e ainda se dão bem na vida, apesar dos pesares? Tais indivíduos desenvolveram a resiliência, a força humana para a vida!

Danos por não se praticar a Resiliência

O perfil da pessoa não-resiliente é a do sofredor: duro, rígido consigo mesmo e com o outro, pessoa de personalidade crítica e julgadora, tem dificuldade de perdoar por causa de sua dureza mental e emocional.

Preso na angústia da mente, revive muitas vezes eventos doloridos passados. Pode vir a sofrer de SPA-Síndrome do Pensamento Acelerado. Simplesmente não flui com a vida, na raiz de seus pensamentos está o negativismo. Tem dificuldade de tirar algum aprendizado das situações difíceis.

A pessoa não-resiliente pode sofrer de ansiedade, angústia com tendências depressivas. É pessoa que desconfia até da sombra. Pode vir a sofrer de complexo de rejeição. Tem uma visão distorcida da realidade porque parece andar pela vida usando óculos de elevado grau que não a permite ver as coisas como são. Tem dificuldade de vivenciar o presente.

O que o não-resiliente precisa aprender.

  • Enxergar a vida com realismo.
  • Desapegar-se do passado, deixar ir embora.
  • Aprender o perdão de coração.
  • Cultivar a paz de espírito.
  • Deixar de fazer tempestade em copo d´água.
  • Aprender a relaxar.
  • Tirar aprendizado das situações difíceis.
  • Aprender que as coisas ruins passam e não precisam se repetir.
  • Praticar a gratidão e a aceitação.
  • Sair da angústia da mente.
  • Estar mais em contato com seu coração.
  • Deixar a vida fluir…

 

As 05 ATITUDES importantes da PESSOA RESILIENTE

O lema da pessoa resiliente é:

“Águas passadas não movem moinhos”.

 

O resiliente consegue:

  1. Lidar de forma tranquila com as situações de estresse sem ser sucumbido por elas.
  2. Manter a paz mesmo frente as situações e pessoas mais difíceis.
  3. Ser capaz de estruturar-se rapidamente e continuar perseguindo suas metas.
  4. Enxergar seus erros como oportunidade de aprendizado. A pessoa que aprende com as lições da vida torna-se resiliente porque desenvolve a sabedoria.
  5. Ser flexível o suficiente para se adaptar às novas situações e mudar suas estratégias.

 

A boa notícia é que qualquer pessoa pode desenvolver a atitude de resiliência perante os desafios, a qualquer tempo, em qualquer época da vida, de forma tranquila, com calma, sem sofrimento.

 

O que fazer para começar a se tornar uma pessoa RESILIENTE?

Meditação é a chave para a resiliência

A ferramenta, por excelência, que vai ajudá-lo a se tornar cada vez mais resiliente é a velha e boa Meditação. A técnica praticada diariamente produz silêncio na mente do praticante, descanso profundo a partir do coração, restaurando todo o seu potencial de energia, bem como as necessárias condições mentais e emocionais para lidar com as exigências da vida.

O indivíduo vai deixando de ser reativo, tornando-se mais proativo. O primeiro benefício notado é a baixa da ansiedade, ansiedade esta que pode ter sido construída ao longo de uma vida.

A Meditação praticada diariamente ajudará a pessoa não-resiliente a sair da angústia e turbulência da mente, colocando-a mais em contato com o próprio coração. A técnica desperta a calma e a tranquilidade na mente do praticante. A vida, enfim, pode começar a fluir.

 

Meditação, porque funciona

“A Meditação lhe ajudará a lidar melhor com a sua mente e as suas emoções, fator importante para se desenvolver a resiliência”.

 

A Meditação é um treino sistemático da atenção. Uma prática eficaz para ajudar a mente a encontrar o atalho para o silêncio. Por que isto é importante? Este atalho é a chave para você desenvolver, aumentar e manter a sua imunidade emocional frente a pessoas difíceis e situações desafiadoras.

Mesmo frente a dificuldades, você conseguirá lidar com seus problemas e superar obstáculos, sem ceder à pressão, mantendo o seu equilíbrio tão sonhado. A calma e o silêncio conquistados com a prática meditativa, fará com que você se sinta cada vez mais firmado emocionalmente e psicologicamente, assim, cada vez mais resiliente você conseguirá se reorganizar emocionalmente o que possibilitará que você dê respostas mais assertivas à vida e ao outro a partir do presente, sem contaminação de histórias que terminaram mal no passado.

Leia mais: Este portal existe! Quem ousa atravessá-lo?

Nada e nem ninguém terá o poder de bloqueá-lo. Você continuará buscando seus objetivos sem afetar emocionalmente o seu desenvolvimento natural. A Meditação lhe ajudará a lidar melhor com a sua mente e as suas emoções, fator importante para se desenvolver a resiliência.

Muitos resilientes desenvolveram esta qualidade a duros golpes de amargura e sofrimentos. A resiliência foi importante na vida deles porque as mantiveram de pé, caminhando. São pessoas resilientes que até alcançaram certo sucesso na vida, entretanto, precisam trabalhar suas emoções. Tais pessoas resilientes que podem chegar em determinado ponto de suas vidas carregando ainda um sentimento “triste” que persiste.

O silêncio na mente: A resiliência de força transcendente!

A resiliência é a maior força humana para a vida. Ainda, a resiliência com base na busca sincera pelo Transcendente fará você adquirir não somente uma grande força humana para superar adversidades, mas a força descomunal à nível do Espírito.

Aquele que encontrou Deus adquiri resiliência de força sobrenatural, neste nível não existe mais dor ou sofrimento, mas contentamento, paz e alegria jubilosa. Com a Meditação, silenciando a mente, você é conduzido para muito além de seus limites.

“Aprenda a meditar e resgate o seu Poder que jorra da Fonte Eterna dentro de você!”

 

Com amor,

Namastê!

Sarita de Távora Domingues

Professora de Hatha Yoga, trabalha com Yogaterapia, com formação em Psicanálise, ensina Meditação em São Paulo.

 

Instituto Ciência e Luz

Uma renomada Escola de Meditação e Resiliência há 20 anos treinando pessoas focadas, resilientes e felizes.

 

 

Professora de Hatha Yoga, Instrutora de Meditação Integral e Cristã, atende sessões individuais e personalizadas com a Yogaterapia para propósitos específicos.

Minhas redes sociais

Deixe seus comentários